Mano Menezes explica saída de Acosta e manda recado a Souza

O técnico Mano Menezes resolveu explicar o motivo da dispensa do atacante Acosta, que foi emprestado para o utico e não vestirá mais a camisa do Corinthians. O uruguaio ficará no Recife até o mês de dezembro, quando acabará o seu contrato com o time de Parque São Jorge. Com isso, se tornará dono dos seus direitos federativos e poderá atuar onde bem entender.


- A questão do Acosta é uma opção de ambas as partes. Ele teve um início difícil no Corinthians e em 2008 estava começando a se recuperar quando sofreu a fratura. E aí temos de passar a pensar na questão custo-benefício. O clube investiu bastante e ainda iria demorar para ele ser utilizado. Por isso, resolvemos emprestá-lo para o Náutico, um lugar onde ele foi muito feliz.


Acosta disputou 38 partidas pelo Corinthians e marcou nove gols. Muito pouco para quem tinha um dos maiores salários do elenco. Quem está na mesma situação é Souza, que ainda não justificou o investimento feito.

- O Souza por enquanto tem um custo alto e um benefício baixo. Espero que ele possa melhorar. Não estamos aqui para tapar o sol com a peneira. A gente respeita o profissional e tenho certeza de que ele vai melhorar.

0 comentários:

Página Anterior Próxima Página