Com festa, Roberto Carlos é apresentado no Corinthians

Precisamente às 12h desta segunda-feira, Roberto Carlos pisou pela primeira vez no gramado do Parque São Jorge.
Ladeado pelo presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, e por Mario Gobbi, diretor de futebol, o novo lateral-esquerdo Timão, vestido com calça jeans e uma camisa branca, inicialmente, saudou os milhares de torcedores que lotaram as arquibancadas do CT do clube.

Lateral projeta 'feriado nacional' com título da Libertadores

Às 12h07, recebeu de Sanchez a camisa alvinegra com o número 6 estampado nas costas. Após um minuto de pose para as fotos dos diversos fotógrafos presentes na Fazendinha, vestiu as cores que defenderá por dois anos.

Roberto Carlos garante: vai encerrar a carreira no Timão!

- Já vivi momentos de emoções na minha vida, mas esse momento é único. Você vê toda essa massa gritando seu nome é de arrepiar e emocinonar. Posso agradecer a todos os presentes e a recompensa será dentro de campo dando alegrias a vocês (torcedores). Precisamos de vocês neste ano importante do clube. Centenário, Libertadores. Vamos caminhar juntos para estas conquistas importantes. Chegou mais um para o bando, hein? - bradou o lateral em suas primeiras palavras como jogador corintiano, parafraseando Ronaldo em sua apresentação, no fim de 2008.

Fora de forma? 'Se houvesse jogo amanhã, estaria pronto'

Aos 36 anos, concedeu sua primeira entrevista coletiva pelo Timão no lotado parque temático montado pelo departamento de marketing do clube no gramado do Parque São Jorge. E garante: é corintiano, e o passado santista será deixado de lado.

Andrés Sanchez e Roberto Carlos mandam recado à torcida

- Hoje, sou corintiano, quero ganhar títulos. Meu passado é passado. Quero dar alegrias à torcida do Corinthians. Tudo que envolve o Corinthians eu quero saber.

0 comentários:

Página Anterior Próxima Página